Apoio Autista
Menu
 Programas 
 Terapias 
 Tratamentos 
Calendário
maijunho de 2019jul
domsegterquaquisexsáb
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30123456
Visitante:

335111

 

 

 

 

A  RELAÇÃO DO AUTISMO E AS BACTÉRIAS DO INTESTINO

                                  

                                           Estudos recentes  demonstraram  que existe uma influência com as bactérias do intestino na química cerebral e comportamento dos autistas. O que significa que os problemas gastrointestinais pode ser a chave  para solucionar as alterações comportamentais e a comunicação no Autismo.

                              Um dos principais pontos levantados  é que a composição da microflora intestinal exerce grande influência no desenvolvimento do Autismo regressivo.

A SÍNDROME DO INTESTINO E DA PSICOLOGIA PODE CONTER A  'CURA' PARA, O AUTISMO     

                             O estudos da Dra. Campbell-Mc Bride a toxicidade que existe dentro do corpo autista funciona  como um desafio para o cérebro ; o Sistema Nervoso não desempenha o seu caminho natural ,pois a toxicidade impede de realizar as funções normais e seu processo de informações sensoriais. Com isso, pode desencadear uma série de sintomas enquadrando nos diagnósticos tanto de autismo, como de transtorno de déficit de atenção (TDA) sem hiperatividade, dispraxia,dislexia ou transtorno obsessivo-compulsivo, só para citar algumas possibilidades.

                                 Identificar a flora intestinal precocemente, ainda bebê pode-se dizer que é muito importante, pode determinar a direção e o caminho da vida saudável de nossos filhos; consequentemente evitar os riscos da toxicidade no organismo destas crianças.

                               COMO FAZER PARA TER UMA FLORA INTESTINAL SAUDÁVEL

                                  É  importante evitar alimentos processados, açucarados, antibióticos,pílulas anticoncepcionais, leite; para não impactar as bactérias e micróbios no intestino.

MELHORES DICAS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DO AUTISMO       

  • Diminuir a carga dos campos eletromagnéticos em nossa casa, especialmente nos quartos.
  • Revisar estes problemas das vacinações, fica de fora destes programas de vacinações.
  • Evitar o leite pasteurizado, isto inclui todos os produtos que possuem o leite( temperos, sorvete, iogurte)
  • Eliminar o açucar/frutose, sucos, refrigerantes,batata frita e trigo (massas, pães, cereais, pretzels)
  • Tomar sol apropriadamente, a vitamina D é fundamental no autismo.                                                        
Visite o perfil de Lucilene no Pinterest.